As pessoas no centro da Transformao Digital
30 de Outubro de 2018
  • EAD
  • EAD

As pessoas no centro da Transformação Digital

 

O segundo encontro “Transformação Digital na Optimização de Processos Documentais”, promovido pela EAD – Empresa de Arquivo de Documentação, com o apoio da Spigraph, reuniu a semana passada cerca de uma centena de profissionais. O foco da transformação foi colocado nas pessoas.

 

Entre os oradores estava Sara Canteiro, partner technology strategist da Microsoft, que defendeu que as pessoas são «uma parte importante do puzzle» no que toca à transformação digital, e alertou para a importância de responder às suas necessidades, porque «as organizações são feitas por pessoas». E, por isso «as pessoas são centrais para qualquer transformação». Centrando no trabalho desenvolvido pelo Microsoft, reconheceu que «teve de mudar muito para ser associada à inovação» e que este é um «caminho interminável».

 

Também presente no evento, o holandês Jeroen Kant, vice-presidente de business development da Spigraph, debruçou-se sobre soluções de captura documental. Citando dados da Associação para a Gestão de Informação e Imagem (AIIM), sublinhou que 62% das organizações diz estar comprometida com a transformação digital, contudo, 37% admite ter ainda ter o escritório cheio de papel e 19% referem mesmo que a quantidade de papel está a aumentar.

 

Já o chief information officar (CIO) da EAD, Marco Santos, focou-se na importância de controlar a informação que chega às organizações através dos emails partilhados, dando o exemplo do sistema de gestão documental em workflow Read, Write & Share (RWS), da EAD, que permite organizar, através da automação de regras, um fluxo de email que permita uma melhor distribuição das tarefas que chegam às organizações, priorização e classificação das mesmas.

 

O evento contou ainda com a apresentação do case study da Generali em Portugal. Maria Perdigão, project manager account da seguradora, revelou que a companhia conseguiu melhorar o tempo de resposta aos clientes em 45% através da implementação de uma solução de fluxo de processos, levada a cabo pela EAD, que permitiu criar tarefas, através de regras automáticas atribuídas aos assuntos dos emails.

 

Reforçando a mensagem sobre a centralidade das pessoas em todo este processo, no encerramento, Paulo Veiga, fundador e CEO da EAD sublinhou que «o mote da transformação digital não é substituir pessoas», mas sim «colocar as pessoas a fazerem tarefas que as estimulem mais».

 

(in https://hrportugal.pt/as-pessoas-no-centro-da-transformacao-digital/)

 
logo_face