Setubalense – Como encara a atribuição desta distinção?
Paulo Veiga – Com natural satisfação porque são prémios importantes, acima de tudo para nos motivar e a continuar esta aposta na qualidade de vida e de trabalho dos nossos colaboradores. Esta distinção representa um culminar de iniciativas com vista a tornar a EAD uma companhia atractiva, bem como a reter os seus melhores talentos, criados ao longo dos 23 anos de existência.

Porque mudaram as instalações da Companhia para o concelho de Palmela?
A Companhia foi fundada em 1993, no Barreiro no Parque Industrial de Quimigal, actual Quimiparque. No entanto, a impossibilidade de aquisição de terrenos e a inexistência de parques industriais no concelho levou à mudança em 1997 para Palmela. Palmela tem uma centralidade única em termos de acessibilidade a norte e sul, bem como infraestruturas exemplares.

A crise dos últimos anos teve reflexos na EAD?
A palavra crise não existe no dicionário da Companhia, existem sim tempos desafi antes, como aliás todos o são. A actualidade tem os seus próprios desafi os e todos são bons para nós. Se as empresas, em alturas de retracção das vendas, olham para dentro ajudamo- -las a serem mais eficientes em termos da gestão documental, poupando em termos administrativos. Se estão em crescimento, igualmente ajudamo- las a tratar as massas documentais geradas. As nossas soluções são sempre apetecíveis, seja pela digitalização, soluções BPO [Business Process Outsourcing], seja pela custódia dos arquivos “mortos”.

A política de apoio social aos trabalhadores é uma das vertentes em destaque. De que forma desenvolvem essa vertente?
No âmbito da saúde, manteve-se a política de rastreios auditivos, visuais e consultas médicas a todos os colaboradores. Só este ano já foram feitas 67 consultas de medicina curativa. Foram ainda, levadas a cabo acções de sensibilização sobre a prevenção da diabetes, o cancro da mama, factos e mitos na saúde, bem com análises e exames complementares de diagnóstico. No mês de Outubro foi, também, ministrada a vacina da gripe a todos os trabalhadores.

Apostam também em outras acções?
Sim e podemos destacar o Dia da Mulher que foi comemorado por todos com acções de ginástica laboral. Mas para além da medicina curativa, a EAD fornece fruta fresca aos seus trabalhadores, que têm ainda direito a seguro de saúde, ginásio, campos de futsal e de basquetebol, e massagens laborais em dias temáticos.

Que outras temáticas defendem na empresa?
A segurança é encarada com muita atenção. A EAD dispõe de 19 colaboradores com o Curso Europeu de Socorrista e dois com o Curso de Segurança Contra Incêndios. No que respeita ao team building, a companhia promove sempre jantares e idas ao teatro no Natal, actividades lúdicas nos aniversários corporativos, passeios e concursos internos.

Um Curriculum de respeito

A Empresa de Arquivo de Documentação está vocacionada para a gestão da função arquivo é uma “Document Service Provider”, que avalia métodos de trabalho em arquivo e gestão documental, e que conceptualiza, apresenta e implementa soluções ajustadas às necessidades dos seus clientes.
A EAD abrange todo o território nacional incluindo as regiões autónomas da Madeira e Açores, onde é a única empresa de gestão de arquivo.
Com mais de 800 clientes em carteira, 85 colaboradores, 30.000 m2 de área coberta de custódia, 700.000 contentores com documentação, 32.000 volumes de documentos entregues e 176.700 cópias de originais disponibilizados. A companhia fechou o ano de 2015 com uma facturação de 4.519.425 euros e um resultado líquido de 710.239 euros, representando uma subida de 1 por cento face ao ano transacto.
Este ano, em linha com os objectivos definidos, prevê- se uma facturação de 4.800.000.00 euros, o que se traduzirá num crescimento de 6 por cento. A distinção de uma das “Melhores Empresas para Trabalhar” em Portugal foi atribuída pela Exame/Everis/Aese à empresa pioneira e líder de mercado em gestão documental em regime de outsourcing.
A empresa localizada no Parque Industrial de Mata Lobos, no concelho de Palmela, ficou nos cem primeiros lugares na lista das melhores empresas para se trabalhar em Portugal, destacando-se pelas suas boas práticas de recursos humanos, nomeadamente no âmbito da saúde e segurança no trabalho e do reconhecimento aos seus 85 trabalhadores.

De acordo com a Lei nº 144/2015, em caso de litígio, os consumidores podem recorrer ao Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa, Rua dos Douradores, 108, 2.º, 1100-207 Lisboa. Tel.: 218807030 - Fax: 218807038, E-mail: juridico@centroarbitragemlisboa.pt, Site: www.centroarbitragemlisboa.pt

EAD © 2018. All rights reserved. Termos e condições