No passado dia 26 de janeiro os quadros dirigentes da EAD reuniram-se, na Quinta de Catralvos, para efetuar o balanço de 2018 e preparar o novo ano, procedendo à revisão anual do sistema da Companhia. Depois de um dia intenso de trabalho, os colaboradores tiveram oportunidade de visitar a adega e fazer uma prova dos vinhos de Catralvos.

Segundo as palavras de Paulo Veiga. “Este novo mundo é desafiante, cheio de oportunidades e riscos, pelo que todos na sociedade e nas empresas, especialmente as administrações de topo, pela responsabilidade acrescida que possuem, têm de perceber estes novos tempos, o que os clientes e consumidores desejam e como. Têm de ir disseminando na organização a cultura digital, introduzindo-a em todas as agendas da empresa, acompanhando e monitorizando de forma sistemática todo o processo de mudança, é um bom princípio. Aliás, todas as alturas do clico económico são boas para olhar para dentro e “afinar a maquina”. Nesse sentido existe uma tentação de digitalizar tudo ou iniciar um processo de transformação digital sem um correto enquadramento, objetivo e resultados esperados.”

Este é o nosso foco para 2019 – a Transformação Digital – que é o correto uso da tecnologia para potenciar, de forma significativa, a performance das empresas por meio da mudança, por vezes disruptiva, da forma como executa os processos de suporte e negócio. Estamos a falar de uma nova abordagem da gestão onde as TI desempenham um papel fulcral. A transformação digital requer não só uma liderança forte para fazer andar as mudanças, mas também de uma visão sobre que parte da empresa queremos transformar. Portanto, terá de ser a gestão de topo a definir uma estratégia de transformação na estrutura, cultura e processos, que irá consubstanciar-se na forma de estar no mercado junto dos stakeholders.

Um projeto de transformação digital é, acima de tudo, um conjunto de desejos, é conseguir melhores resultados com menos recursos e mais rapidamente. Numa palavra: produtividade. No entanto, esta expressão não é mais do que um desejo e, como tal, coloca nas administrações de topo um elevado grau de incerteza.

Nós já estamos a ajudar os nossos clientes nas áreas da gestão documental, seja nos seus processos de negócio, como os de suporte ao negócio. Nesse sentido faz sentido que o mote para 2019 seja, Business Transformation, feel the beat.

De acordo com a Lei nº 144/2015, em caso de litígio, os consumidores podem recorrer ao Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa, Rua dos Douradores, 108, 2.º, 1100-207 Lisboa. Tel.: 218807030 - Fax: 218807038, E-mail: juridico@centroarbitragemlisboa.pt, Site: www.centroarbitragemlisboa.pt

EAD © 2018. All rights reserved. Termos e condições